AVALIAÇÃO DA EXPOSIÇÃO DO OPERADOR À VIBRAÇÃO NA OPERAÇÃO DE GRADAGEM

Viviane Castro dos Santos, Leonardo de Almeida Monteiro, Deivielison Ximenes Siqueira Macedo, Rafaela Paula Melo, Marília Lessa de Vasconcelos Queiroz

Resumo


A atividade agrícola brasileira se expandiu muito nos últimos anos e o crescimento desta atividade se deve principalmente pelo uso de novas tecnologias no campo e melhoria e modernização do maquinário agrícola. Objetivou-se avaliar a exposição do operador de tratores agrícolas à vibrações de corpo inteiro na operação de gradagem. O experimento foi realizado sobre área que apresentava relevo plano levemente ondulado, com 10% de umidade preparada anteriormente com operação de aração. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 3, com 10 repetições, sendo duas rotações do motor (1860 e 2200 rpm) que correspondem a rotação mediana e final do motor do trator, de acordo com o fabricante e três velocidades de deslocamento (L3, L4 e H1,), correspondendo respectivamente as velocidades (4,8, 6,8 e 8,8 km h-1). O experimento foi realizado de acordo com as diretrizes determinadas pela NHO – 09 (2013) e o anexo A da norma ISO 5008 (2002). À medida que a velocidade de deslocamento e a rotação do motor aumentaram os valores de aceleração de vibração também aumentaram. Todos os tratamentos avaliados apresentaram valores acima do nível aceitável pela NHO-09, sendo que a rotação de 1860 rpm e a velocidade de 4,8 km.h-1 a condição que apresenta menores valores de aceleração de vibração.

PALAVRAS-CHAVE: trator agrícola, ergonomia, conforto humano, grades agrícolas.

 

EVALUATION OF THE OPERATOR EXPOSURE TO VIBRATION IN TILLING

ABSTRACT: Brazilian agriculture has expanded greatly in recent years and the growth of this activity is mainly due to the use of new technologies in the field and to improvement and modernization of agricultural machinery. This study aimed to assess the exposure of agricultural tractors operator to the whole body vibration in tilling operation. The experiment was conducted on a flat slightly undulating terrain, with 10% soil humidity, previously prepared with plowing operation. The experimental design was completely randomized in a factorial 2 x 3 with 10 repetitions, two engine speeds (1860 and 2200 rpm) corresponding to medium and ultimate rotations  , according to the manufacturer, and three displacement speeds, (L3, L4 and H1) respectively corresponding to 4.8, 6.8 and 8.8 km h-1. The experiment was conducted according to NHO - 09 (2013) and Annex A of ISO 5008 (2002) standards. As the forward speed and engine speed increased, vibration acceleration values also increased. All treatments had values above the acceptable level by the NHO-09, and the rotational speed of 1860 rpm and 4.8 km h-1 resulted on the lowest vibration acceleration.

KEYWORDS: agricultural tractor, ergonomics, human comfort, harrows.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17224/EnergAgric.2016v31n4p312-316