IMPACTO AMBIENTAL DA EXPANSÃO URBANA NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA ITAPERU/ITAPOCU

Autores

  • Peterson Ricardo Fiorio Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ/USP
  • Bruna Batagin Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ/USP
  • Erica Silva Nakai USP/ESALQ

DOI:

https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2021v36n1p86-96

Resumo

IMPACTO AMBIENTAL DA EXPANSÃO URBANA NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA ITAPERU/ITAPOCU

 

PETERSON RICARDO FIORIO1, BRUNA BATAGIN1, ÉRICA SILVA NAKAI1

 

1Departamento de Engenharia de Biossistemas, Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Av. Pádua Dias, 11, CEP 13.418-900, Piracicaba, Brasil. E-mail: fiorio@usp.br; bbatagin@gmail.com; ericanakai@gmail.com.

 

RESUMO: A expansão e ocupação urbana progride simultaneamente à preocupação direcionada às questões socioambientais. Objetivo foi analisar os impactos ambientais da ocupação urbana nas Áreas de Preservação Permanente (APP) da microbacia hidrográfica do Itaperu/Itapocu, de 1940 a 2016, por meio da interpretação de fotografias aéreas e imagem de satélite do RapidEye e Cbers-4. Os buffers das APPs foram criados de acordo com as legislações vigentes. Em todos os anos, verificou-se que ocorreu a indevida utilização das áreas legalmente protegidas. De 1940 a 2016 o crescimento urbano resultou na ocupação de 6,59 ha de maciços arbóreos e em muitos casos de APPs. Houve a extinção de cinco nascentes e redução de cursos d’água devido ao avanço de áreas de cana-de-açúcar, pastagem, área urbanizada, rodovia e solo exposto. A metodologia utilizada foi adequada para a análise temporal de uma microbacia hidrográfica.

 

Palavras-chave: gestão ambiental, área de preservação permanente, sistema de informação geográfica, uso e ocupação do solo

 

ENVIRONMENTAL IMPACT OF URBAN EXPANSION IN A STREAM WATERSHED ITAPERU/ITAPOCU

 

ABSTRACT: The expansion and human occupation progresses simultaneously to concern directed to the social-environmental issues. The objective was to analyse the environmental impact of urban occupation in the Permanent Preservation Areas (APPs) of the Itaperu/Itapocu stream watershed, from 1940 to 2016, through the interpretation of aerial images and RapidEye and Cbers-4 satellite images. APP buffer was created in accordance with current legislation. In all years, it has been verified an improper use of legally protected areas. From 1940 to 2016, urban growth resulted in the occupation of 6.59 ha of tree stands and, in many cases, of APPs. There was an extinction of five springs and reduction of watercourses due to the advance of sugar cane, pasture, urbanized area, highway and exposed soil areas. This methodology was satisfactory for accomplishing microwatershed temporal analysis.

 

Keywords: environmental management, permanent preservation area, geographic information system, soil use and occupation

Biografia do Autor

Peterson Ricardo Fiorio, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” – ESALQ/USP

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995), Mestrado em Agronomia (solos de Nutrição de Plantas) pela Universidade de São Paulo (1998) e Doutorado em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) pela Universidade de São Paulo (2002). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: Sensoriamento Remoto, Topografia, Geoprocessamento, Solos, Levantamento Pedológico e Radiometria. É credenciado como orientador em nível de mestrado e de doutorado no P.P.G. em Engenharia de Sistemas Agrícolas (ESALQ).

Publicado

2021-07-20

Como Citar

Fiorio, P. R., Batagin, B., & Nakai, E. S. (2021). IMPACTO AMBIENTAL DA EXPANSÃO URBANA NA MICROBACIA HIDROGRÁFICA ITAPERU/ITAPOCU. ENERGIA NA AGRICULTURA, 36(1), 86–96. https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2021v36n1p86-96

Edição

Seção

Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável