DEMANDA CONTRATADA E CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM UNIDADES ARMAZENADORAS DE GRÃOS

Autores

  • Eduardo David UEM - Universidade Estadual de Maringá Professor Adjunto A DEA - Departamento de Engenharia Agrícola
  • Fernanda de Camargo Cabelleira dos Santos
  • Jose Gabriel Vieira Neto
  • Gabriela Mayara Goes Escano

DOI:

https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2016v31n4p305-311

Resumo

Tendo em vista o atual custo das tarifas de energia, observa-se a necessidade de se procurar formas de se obter o máximo de desempenho produtivo com o menor consumo possível de energia elétrica oriunda do sistema convencional de distribuição. A opção pela geração local de energia elétrica em sistemas de armazenamento de grãos através de geradores próprios é onerosa na maioria dos casos. A conservação e o uso racional da energia elétrica contribuem na utilização da mesma sem gastos desnecessários na redução do consumo sem a necessidade de grandes investimentos iniciais por parte dos produtores rurais. Uma dentre várias formas de se praticar a conservação de energia é a realização de um diagnóstico energético na unidade armazenadora. A análise criteriosa dos dados contidos nas faturas de energia, possibilita a observação do padrão de uso desta e dos ganhos resultantes das ações de implementações de medidas de eficientização. O objetivo deste trabalho foi a análise criteriosa dos dados de consumo de energia elétrica (dentro e fora da ponta) e demanda contratada (fora da ponta) de onze unidades de armazenamento de grãos situadas nas regiões Norte Central e Norte Pioneiro do Estado do Paraná. Os resultados demonstram a necessidade de se reavaliar a atual forma de utilização da energia despendida para o armazenamento de grãos no tocante ao horário de consumo e demanda contratada.

PALAVRAS-CHAVE: Enquadramento tarifário, Sistemas de armazenamento, Eficiência elétrica.

 

CONTRACTED DEMAND AND CONSUMPTION OF ELETRICITY IN GRAIN WAREHOUSING SYSTEM

ABSTRACT: Given the current cost of energy tariffs, there is the need to look for ways to get the most productive performance with the lowest possible consumption of electric energy from the conventional distribution system. The option for local generation of electricity in generators for own grain storage systems is costly in most cases. The conservation and rational use of electrical energy contribute to the use, without unnecessary spending on reducing consumption without the need for large upfront investments by farmers. Among various ways to practice energy conservation is the realization of an energy diagnosis in the storage unit. A detailed analysis of data in the electricity bills, allows the observation of the use of this mode and gains resulting in shares of efficiency measures implementation. The objective of this study was the detailed analysis of energy consumption data (inside and outside of the peak) and contracted demand (outside peak) of eleven grain storage units located in North Central and Pioneer North regions of Paraná State. The results demonstrate the need to evaluate the current way of using energy expended for grain storage in relation to the time of consumption and contracted demand.

KEYWORDS: tariff framework, storage systems, electrical efficiency.

Biografia do Autor

Eduardo David, UEM - Universidade Estadual de Maringá Professor Adjunto A DEA - Departamento de Engenharia Agrícola

UEM - Universidade Estadual de Maringá.

Departamento de Engenharia agrícola - DEA

Prof. Dr. Adjunto A

Eletrificação Rural

Eficiência elétrica em atividades e processos agroindustriais

Conservação e Uso Racional de Energia Elétrica no Meio Rural

 

 

Downloads

Publicado

2016-12-30

Como Citar

David, E., Cabelleira dos Santos, F. de C., Vieira Neto, J. G., & Escano, G. M. G. (2016). DEMANDA CONTRATADA E CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM UNIDADES ARMAZENADORAS DE GRÃOS. ENERGIA NA AGRICULTURA, 31(4), 305–311. https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2016v31n4p305-311

Edição

Seção

Artigo sem classificação na Rev. EA