BOAS PRÁTICAS NO CONSUMO DE ENERGIA EM RESTAURANTES DA CIDADE DE BOTUCATU

Autores

  • Renata Saad Diniz de Castro Doutoranda FCA UNESP- Botucatu pelo curso Energia na Agricultura
  • Rogério Lopes Vieites FCA/UNESP
  • Érica Regina Daiuto Pos doutorado na FCA/UNESP-Botucatu

DOI:

https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2015v30n1p94-97

Resumo

O objetivo do trabalho foi verificar o uso racional de energia em restaurantes da cidade de Botucatu, que aplicam as Boas Práticas de Fabricação (BPF). Foram avaliados 10 restaurantes, obtendo-se informações referentes ao número de refeições e consumo de energia. Aplicou-se o também o checklist da vigilância sanitária apenas nos itens de instalação elétrica, ventilação e manutenção de equipamento, que estão relacionados ao consumo de energia. Nos estabelecimentos foi perguntado e observado se havia algum programa ou orientação para consumo consciente ou redução do consumo de energia. O consumo de energia dos restaurantes mostrou-se relacionado ao número de refeições servidas e tempo de funcionamento do estabelecimento. Em nenhum dos estabelecimentos visitados observou-se medidas de controle do consumo de energia ou equipamentos de refrigeração de baixo consumo energético.

PALAVRAS-CHAVE: BPF, energia, elaboração de refeições.

Good Practices On Energy Consumption In The City Of Botucatu Restaurants

ABSTRACT: The objective of this work was to verify the rational use of energy in restaurants of the city Botucatu, that apply the Good Manufacturing of Production (GMP). Ten restaurants were appraised regarding the number of meals and energy consumption. A check list of the sanitary surveillance was also applied, regarding just the related items to electric installation, ventilation, and equipment maintenance, that are related to the energy consumption. It was asked and observed if there were some program or orientation for conscious consumption or reduction of the energy consumption. The energy consumption of the restaurants was positively related to the number of served meals and operation time of the establishment. In none of the visited establishments it was observed the control measures of the energy consumption, neither cooling equipments of low energy consumption.

KEYWORDS: GMP, energy, elaboration of meals.

Biografia do Autor

Renata Saad Diniz de Castro, Doutoranda FCA UNESP- Botucatu pelo curso Energia na Agricultura

Engenheira de Alimentos, Doutora,  FCA UNESP- Botucatu pelo curso Energia na Agricultura

Rogério Lopes Vieites, FCA/UNESP

Prof. Titular Departaemtno de Horticultura da FCA/UNESP

Érica Regina Daiuto, Pos doutorado na FCA/UNESP-Botucatu

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (1997), mestrado em Agronomia (Horticultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2000) e doutorado em Agronomia (Energia na Agricultura) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2005). Atualmente é docente no curso de Especialização em Ciência e Tecnologia de Alimentos da UNESP/Botucatu, curso de pós graduação Lato Sensu e pós doutoranda na Faculdade de Ciências Agronômicas (UNESP/Botucatu). Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Alimentos, atuando principalmente nos seguintes temas: amido, aplicação de amido de em alimentos, amidos de diferentes fontes amiláceas, mandioca, pós - colheita, enzimas, puba, desidratação por atomização com uso de suportes amiláceos, conservação de alimentos e desenvolvimento de produtos. (Texto informado pelo autor)

Downloads

Publicado

2015-04-01

Como Citar

Castro, R. S. D. de, Vieites, R. L., & Daiuto, Érica R. (2015). BOAS PRÁTICAS NO CONSUMO DE ENERGIA EM RESTAURANTES DA CIDADE DE BOTUCATU. ENERGIA NA AGRICULTURA, 30(1), 94–97. https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2015v30n1p94-97

Edição

Seção

Processamento e Balanço Energético de Produtos e Derivados Agropecuários