BIOMASSAS RESIDUAIS RURAIS – MATÉRIAS-PRIMAS ENERGÉTICAS

Autores

  • Elisandro Pires Frigo Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Helton José Alves Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Michelle Sato Frigo Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Carlos Henrique Coimbra Araújo Universidade Federal do Paraná - UFPR
  • Rafaela koglin Bastos Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

DOI:

https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2015v30n1p20-26

Resumo

As atividades agropecuárias se intensificaram muito nos últimos anos como consequência do aumento da população mundial. A Bacia do Paraná 3 além de abranger a maior usina hidrelétrica em produção de energia, abrange também uma extensa área de produção agropecuária. Os resíduos desta produção atualmente são utilizados como adubos orgânicos pelos proprietários rurais locais, e apesar deste material conter um alto teor energético, se depositado diretamente no solo, pode trazer vários problemas, como por exemplo, a eutrofização de rios e lagos por conta da decomposição da biomassa. Considerando estes impactos ambientais, tem-se um grande desafio em garantir a qualidade de vida das populações locais. Com este intuito, demonstra-se neste trabalho um conjunto de definições e características da Bacia do Paraná 3 com o propósito de desenvolver conceitos e soluções relacionadas aos resíduos e ao biogás que atualmente está sendo dissipado na economia rural. Demonstrando a possibilidade de implantação do saneamento ambiental rural por meio do aproveitamento das características energéticas existentes na biomassa, por falta da compreensão que o biogás é um produto da economia rural produzido pela biomassa em um resíduo que pode ser utilizado como fonte de energia térmica, elétrica e veicular e ainda aplicado como biofertilizante.

PALAVRAS-CHAVE: Agropecuária, biomassa e saneamento ambiental rural.

 

Rural Biomass Residual From Different Agricultural Activities In Brazil

ABSTRACT: The agricultural activities have intensified a lot in recent years as a result of an increase in the world population. The Parana 3 Basin besides including the largest hydroelectric plant in production of electric power also covers an extensive area of farming and cattle raising. The waste from this production is nowadays being used as organic fertilizer by the local landowners. A although this material contains a high energy potential, if directly placed on the ground, it can bring several problems, such as the eutrophication of rivers and lakes because of its biomass decomposition. Considering these environmental impacts, there is a big challenge in ensuring the local population life quality. With this aim, we have demonstrated in this article a set of definitions and characteristics of Parana 3 Basin with the purpose of developing concepts and solutions related to the waste and the biogas that is currently being dissipated in the rural economy. In addition, we showed the possibility of rural environmental sanitation introduction  through the use of the biomass energy, due to a lack of understanding that the biomass residue can be used as a source of thermal, electric and vehicular power and also applied as a bio fertilizer.

KEYWORDS: Farming and cattle raising, biomass and rural environmental sanitation.

Biografia do Autor

Elisandro Pires Frigo, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Engenheiro Agrícola, Mestre em Engenharia Agrícola, Engenharia de Sistemas Agroindustriais, Doutor em Agronomia, Irrigação e Drenagem, Professor Adjunto do Curso de Agronomia da UFPR. Também atual diretor do Setor Palotina da UFPR.

Helton José Alves, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Químico, Mestre em Engenharia de Materiais e Doutor em Engenharia de Materiais, Professor Adjunto do Curso de Tecnologia em Biocombustíveis da UFPR, setor Palotina/PR.

Michelle Sato Frigo, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Engenheira Agrônoma, Mestre e Doutora em Agronomia, Energia na Agricultura, Professora Adjunta do Curso de Agronomia da UFPR, setor Palotina/PR.

Carlos Henrique Coimbra Araújo, Universidade Federal do Paraná - UFPR

Engenheiro Eletrônico, Mestre em Astronomia e Doutor em Física, Professor Adjunto do Curso de Tecnologia em Biocombustíveis da UFPR, setor Palotina/PR.

Rafaela koglin Bastos, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Tecnóloga em Biocombustíveis pela Universidade Federal do Paraná (2013), atualmente mestranda em Energia na Agricultura pela UNIOESTE.

Downloads

Publicado

2015-04-01

Como Citar

Frigo, E. P., Alves, H. J., Frigo, M. S., Araújo, C. H. C., & Bastos, R. koglin. (2015). BIOMASSAS RESIDUAIS RURAIS – MATÉRIAS-PRIMAS ENERGÉTICAS. ENERGIA NA AGRICULTURA, 30(1), 20–26. https://doi.org/10.17224/EnergAgric.2015v30n1p20-26

Edição

Seção

Biomassa e Bioresíduos