BISCOITOS DO TIPO COOKIE “KEKSE” DESENVOLVIDOS À BASE DE BATATA-DOCE

  • Ananda Villela Makino Faculdade de Tecnologia, FATEC
  • Alda Maria Machado Bueno Otoboni Faculdade de Tecnologia de Marília/SP

Resumo

O uso da batata-doce e da farinha de arroz na formulação de novos produtos tem obtido crescente interesse nas indústrias de biscoitos. Assim, este trabalho teve por objetivo desenvolver duas formulações de biscoitos utilizando polpa de batata-doce e farinha de arroz, saborizados com chocolate meio amargo (F1) ou maçã com canela (F2). Após a mistura dos ingredientes e moldagem dos biscoitos, estes foram assados, resfriados e avaliados quanto à composição química, aceitabilidade sensorial para aparência, cor, aroma, sabor e textura, e intenção de compra. A composição química mostrou que os biscoitos da F1 apresentaram maiores valores de proteína, fibras, potássio, lítio e carboidratos, em comparação com a F2. Quanto aos atributos sensoriais, a F1 apresentou uma média de 7,85 e a F2 de 7,55, dentro de uma escala hedônica de 1 à 9 pontos, sendo que ambos tiveram um bom índice de aceitabilidade. Quanto à intenção de compra, a F1 apresentou uma nota de 5,5 e a F2 de 4,7,  seguindo uma escala de 1 à 7 pontos. Conclui-se que todos provadores comprariam os cookies de ambas formulações, sendo uma alternativa para o incremento do uso da batata-doce e da farinha de arroz em produtos com alto valor agregado.

Publicado
2018-01-15
Seção
Ciência e Tecnologia dos Alimentos