INFLUÊNCIA DA APLICAÇÃO EXÓGENA DO ÁCIDO SALICÍLICO E DE CLORETO DE CÁLCIO COMO ALTERNATIVAS NA MANUTENÇÃO DA QUALIDADE E NO PROLONGAMENTO DA VIDA ÚTIL DAS RAÍZES DE BATATA-DOCE

Guilherme Celestino de Souza Santos, Keren Railka Paiva Menezes, Olganeth Moreira de Oliveira, Alex Guimarães Sanches, Antonio Rafael Gomes de Oliveira, Carlos Alberto Martins Cordeiro

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo avaliar se a aplicação exógena dos biorreguladores ácido salicílico e cloreto de cálcio em diferentes concentrações é eficiente em reduzir as alterações fisiológicas durante o armazenamento em condição de temperatura ambiente das raízes de batata-doce. Adotou-se um delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 5x6 (tratamentos x dias de armazenamento), com cinco repetições e a parcela experimental composta por duas raízes. Em intervalos de três dias as raízes de cada tratamento foram avaliadas quanto as seguintes variáveis físico-químicas e sensoriais: perda de massa fresca, sólidos solúveis, acidez titulável, pH, firmeza, degenerescência da polpa, qualidade geral e incidência de podridões. A análise estatística mostrou efeito significativo ao nível de 1 e 5% para todas as características avaliadas demonstrando efeito dos tratamentos durante o armazenamento das raízes. A concentração de 4% dos biorreguladores ácido salicílico e cloreto de cálcio não apresentaram diferenças entre si, e foram efetivas em retardar os processos fisiológicos que levam a maturação e senescência das raízes de batata-doce preservando sua qualidade ao longo do armazenamento, durante o período de comercialização.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17766/1808-981X.2017v13n1p56-72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.