ANÁLISE DA FIBRA RESIDUAL DO FARELO DE MANDIOCA APÓS TRATAMENTO HIDROTÉRMICO

Irene Miuki Saito, Cláudio Cabello, Romualdo Shigueo Fukushima

Resumo


Este trabalho teve como objetivo analisar as fibras residuais do farelo de mandioca proveniente doprocessamento agroindustrial de raízes de mandioca. Após pré-tratamento hidrotérmico do farelo comfluído subcrítico e catalisador ácido, houve solubilização e hidrólise do amido, resultando em maiorconcentração da porção fibrosa do farelo no resíduo. As análises de fibra em detergente neutro (FDN),fibra em detergente ácido (FDA) e fibra total (FT) revelaram aumento de 38,26 para 88,34% de FDN,33,74 para 88,00% de FDA e de 16,64 para 68,65% de FT, resultado da eficiência do tratamento,colocando em evidência a ausência do amido presente no farelo. Devido a alta concentração de fibrasinsolúveis, este subproduto contendo fibra residual poderá ser usado pela indústria alimentícia,direcionando-o tanto para a alimentação humana como para animal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.