TROCAS GASOSAS NA CULTURA DA FAVA IRRIGADA COM ÁGUAS SALINAS1

  • Geocleber Gomes de Sousa UFC
  • CARLOS HENRIQUECARVALHO DE SOUSA
  • Maria Vanessa Pires de Souza UNILAB/Estudante de graduação
  • MÁRCIO HENRIQUE DA COSTA FREIRE UNILAB/Estudante Agronomia
  • Giovana Lopes da Silva UNILAB/Professora

Resumo

TROCAS GASOSAS NA CULTURA DA FAVA IRRIGADA COM ÁGUAS SALINAS1

 

 

GEOCLEBER GOMES DE SOUSA2; CARLOS HENRIQUE CARVALHO DE SOUSA3; MARIA VANESSA PIRES DE SOUZA2; MÁRCIO HENRIQUE DA COSTA FREIRE2 E GIOVANA LOPES DA SILVA4

 

1 Projeto financiado pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico

2Instituto de Desenvolvimento Rural, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Caixa Postal 03, CEP: 62.790-000, Redenção, CE. Fone (85)987244390. E-mail:sousagg@unilab.edu.br; vanessa.pires1993@gmail.com; marciohcfreire@gmail.com

2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Universidade Federal do Ceará, Campus do Pici, Av. Mister Hull, 2977, CEP 60455-760, Fortaleza, CE. Fone: (85) 8724-4390. E-mail: carloshens@hotmail.com;valdeciorodrigues@hotmail.com

3 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Maranhão, Campus de Codó, Estrada  Puraque - Zona Rural, Codó - MA, 65400-000 Telefone: (99) 3669-3029, E-mail: giovana.silva@ifma.edu.br

 

 

1 RESUMO

 

A salinidade afeta as trocas gasosas da cultua da fava. Avaliou-se com este trabalho as trocas gasosas da cultura da fava sob diferentes níveis de salinidade. O experimento foi conduzido em campo, no período de setembro a outubro de 2017 na fazenda experimental Piroás da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Redenção-CE. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com cinco níveis de salinidade da água de irrigação (1,0 dS m-1; 2,0 dS m-1; 3,0 dS m-1; 4,0 dS m-1 e 5,0 dS m-1) e quatro repetições. Aos 45 dias após a semeadura (DAS) foram avaliadas a fotossíntese, a transpiração e a condutância estomática em folha de fava. O aumento da salinidade da água de irrigação reduziu os valores de transpiração e condutância estomática em plantas de fava.

 

Palavras-Chave: estresse salino, fotossíntese, Phaseolus lunatus L.

 

 

 

SOUSA, G. G. DE; SOUSA, C. H. C. DE; SOUZA, M. V. P. DE; FREIRE, M. H. DA C.; SILVA, G. L. DA

GAS EXCHANGES IN THE LIMA BEAN CULTURE IRRIGATED WITH SALINE WATER

 

 

Biografia do Autor

Geocleber Gomes de Sousa, UFC
Publicado
2018-10-10