EFICIÊNCIA DA APLICAÇÃO DA ÁGUA POR PIVÔ CENTRAL EM DIFERENTES REGIÕES DE MINAS GERAIS.

Cristian Epifânio Toledo, Cláudio Márcio Pereira de Souza, Paulo Emilio Pereira de Albuquerque

Resumo


EFICIÊNCIA da APLICAÇÃO DA ÁGUA por PIVô CENTRAL EM DIFERENTES REGIÕES DE MINAS GERAIS.

 

 

CRISTIAN EPIFÂNIO TOLEDO1; PAULO EMILIO PEREIRA DE ALBUQUERQUE2 E CLÁUDIO MÁRCIO PEREIRA DE SOUZA3

 

1Departamento de Agronomia, UEG – Universidade Estadual de Goiás, Campus Palmeira de Goiás, Go. Rua 7, s/n, CEP  76.190-000. Email: cristian.toledo@ueg.br

2Departamento de Núcleos Temáticos, EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Sete Lagoas, MG. Email: paulo.albuquerque@embrapa.br

3Departamento de Agronomia, UFVJM – Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri, Campus Diamantina, MG. Email: souzacmp@yahoo.com

 

 

1 RESUMO

 

A prática da irrigação garante o suprimento da água onde há demanda, sendo imprescindível o uso eficiente desse recurso. Objetivou-se avaliar o desempenho de sistemas de pivôs centrais de propriedades rurais em diferentes regiões de Minas Gerais (MG). Foram realizados testes de campo para determinação dos coeficientes de uniformidade de distribuição de água, permitindo assim avaliar as eficiências dos pivôs centrais. Os parâmetros estudados foram: uniformidade de aplicação de água (CUC e CUD), eficiência de irrigação e percentagem de área adequadamente irrigada. Os pivôs centrais testados apresentaram em geral, níveis aceitáveis de uniformidade de aplicação de água. Os CUCs e CUDs em 82% dos sistemas avaliados apresentaram valores acima de 80% e 70%, respectivamente. A eficiência de aplicação de água também apresentou valores dentro do admissível e do normal, obtendo-se uma média de 91%, também caracterizando uma boa eficiência de aplicação de água. A percentagem de área adequadamente irrigada apresentou uma média de 49%, considerada regular. Assim, pode-se caracterizar os sistemas avaliados como de bom funcionamento.

 

Palavras-chave: Pivô central; uniformidade de irrigação; coeficiente de uniformidade

 

 

TOLEDO, C. E.; ALBUQUERQUE, P, E. P.; SOUZA, C. M. P.

EFFICIENCY OF WATER APPLICATION BY A CENTRAL PIVOT IN DIFFERENT REGIONS OF MINAS GERAIS

 

 

2 ABSTRACT

 

The practice of irrigation guarantees water supply where there is demand, and the efficient use of this resource is essential. The objective of this study was to evaluate the performance of central pivot systems of rural properties in different regions of Minas Gerais (MG). Field tests were performed to determine the coefficients of water distribution, thus allowing the evaluation of the efficiency of the central pivots. The parameters studied were: uniformity of water application (CUC and CUD), irrigation efficiency, and percentage of adequately irrigated area. The central pivots tested showed, in general, acceptable levels of water application uniformity. The CUCs and CUDs are 82% of the environmental systems presented values above 80% and 70%, respectively. The efficiency of water application also presented values within the allowable and normal limits, obtaining an average of 91%, also characterizing a good efficiency of water application. A percentage of adequately irrigated area reached an average of 49%, being considered regular. Thus, control systems can be characterized as being functional systems.

 

Keywords: Central pivot; irrigation uniformity; uniformity coefficient

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15809/irriga.2017v22n4p821-831

Direitos autorais 2018 IRRIGA