CULTIVARS SELECTION OF CARIOCA BEANS TYPE TO BE HARVESTED IN ARID FARMLANDS

Sebastião Soares de Oliveira Neto, Douglas Mariani Zeffa, Maria Márcia Pereira Sartori, Vania Moda Cirino

Resumo


CULTIVARS SELECTION OF CARIOCA BEANS TYPE TO BE HARVESTED IN ARID FARMLANDS

 

 

SEBASTIÃO SOARES DE OLIVEIRA NETO1; DOUGLAS MARIANI ZEFFA2; MARIA MÁRCIA PEREIRA SARTORI3 E VANIA MODA CIRINO4

 

1Engenheiro-agrônomo. Doutorando em Agronomia (Agricultura). Departamento de Produção e Melhoramento Vegetal. Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA/UNESP - Campus Botucatu), Rua José Barbosa de Barros, 1.780, CEP: 18610-307. Botucatu-SP – Brasil. E-mail: neto.soliver@gmail.com

2Engenheiro-agrônomo. Doutorando em Genética e Melhoramento de Plantas. Departamento de Agronomia. Universidade Estadual de Maringá, Av. Colombo, 5790, CEP 87020-900, Maringá-PR, Brasil. E-mail: douglas.mz@hotmail.com

3Matemática. Pesquisadora do Departamento de Produção e Melhoramento Vegetal. Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA/UNESP – Campus de Botucatu). Rua José Barbosa de Barros, 1780. CEP: 18.610-307, Botucatu-SP - Brasil. E-mail: mmpsartori@fca.unesp.br

4 Engenheira-agrônoma. Pesquisadora do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), Área de Melhoramento e Genética Vegetal. Caixa Postal 481, CEP: 86001-970, Londrina-PR - Brasil. E-mail:vamoci@iapar.br

 

 

1 ABSTRACT

 

Brazil is a major bean (Phaseolus vulgaris L.) producer. Nevertheless, the unfavorable weather conditions (water deficit, mainly) cause the country’s average productivity to be far below its real potential. To avoid the drought effects, the use of tolerant cultivars is the most economical farming practice. This paper aims to evaluate the reactions and damages caused by water shortage in the production and growth components of five cultivars of Carioca beans and to select those with higher potential of being used in low rainfall conditions. The experiment was conducted at the IAPAR Experimental Station in Londrina, PR, during the 2011 water season, using the random delineation of blocks with split plots, so that the cultivars could be allocated in the sub-plot and in treatments with and without water deficit in the plots. The water deficit began in the pre-blooming stage and was kept for 20 days in the plots submitted to stress. Plants were collected for leaf area index and dry matter rate analyses 35, 47, 54 and 70 days after emergency. On the physiological maturity stage, the productivity characters were determined. The reduction index was calculated for each assessed variant. BRS Talismã proved to be drought-tolerant.

 

Keywords:  Phaseolus vulgaris L., Water deficit, Drought tolerant.

 

 

OLIVEIRA NETO, S. S.; ZEFFA, D. M.; SARTORI, M. M. P.; MODA-CIRINO, V.

SELEÇÃO DE CULTIVARES DE FEIJÃO DO GRUPO COMERCIAL CARIOCA PARA CULTIVO EM AMBIENTES COM DEFICIÊNCIA HÍDRICA

 

 

2 RESUMO

 

O Brasil é um grande produtor de feijão (Phaseolus vulgaris L.), no entanto, as condições climáticas desfavoráveis (déficit hídrico, principalmente) tornam a produtividade média do país bem abaixo do seu real potencial. Para evitar os efeitos da seca, as cultivares tolerantes são a prática agrícola mais econômica. Este trabalho visa avaliar as reações e os danos causados pela falta de água nos componentes de produção e crescimento de cinco cultivares de feijão carioca e selecionar aqueles com maior potencial de uso em condições de poucas chuvas. O experimento foi conduzido na Estação Experimental do IAPAR em Londrina-PR, na safra das águas de 2011, usando o delineamento de blocos ao acaso com parcelas subdivididas, de modo que as cultivares foram alocadas na sub-parcela e os tratamentos com e sem déficit de água, nas parcelas. O déficit hídrico começou no estágio pré-florescimento e foi mantido durante 20 dias nas parcelas submetidas ao estresse. Foram coletadas plantas para a análise de índice de área foliar e taxa de matéria seca aos 35, 47, 54 e 70 dias após a emergência. Na fase de maturação fisiológica foram determinados os caracteres de produtividade. O índice de redução foi calculado para cada variável avaliada. BRS Talismã mostrou ser tolerante à seca.

 

Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L., Déficit hídrico, Tolerante à seca.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15809/irriga.2017v22n4p775-788

Direitos autorais 2018 IRRIGA