OCORRÊNCIA DE ACIDENTES COM TRATORES EM RODOVIAS FEDERAIS NO ESTADO DO MATO GROSSO DO SUL

  • Deivielison Ximenes Siqueira Macedo Universidade Federal do Ceará - UFC
  • Leonardo de Almeida Monteiro Universidade Federal do Ceará
  • Viviane Castro dos Santos Universidade Federal do Ceará
  • Enio Costa Universidade Federal do Ceará
  • Karla Lúcia Batista Araújo Universidade Federal do Ceará

Resumo

O estado do Mato Grosso do Sul tem cerca de 65.619 propriedades rurais distribuídas ao longo dos seus 79 municípios com uma frota de máquinas de 37.900 tratores. Esses tratores, frequentemente, trafegam em rodovias no transporte de cargas ou locomoção entre propriedades e algumas vezes entre municípios, entretanto muitos sofrem acidentes durante o trajeto em vias públicas. Objetivou-se no trabalho analisar a distribuição dos acidentes ao longo das Rodovias Federais do Mato Grosso do Sul, identificando a rodovia federal onde ocorreram mais acidentes e o município com maior percentual de acidentes. O trabalho foi realizado através da parceria entre o Laboratório de Investigação de Acidentes com Máquinas Agrícolas-LIMA e a 16ª Superintendência da Policia Rodoviária Federal, através da análise do Boletim de Acidente de Trânsito, no período de janeiro 2008 a setembro 2011. Foram analisados no total 54 acidentes distribuídos ao longo de vinte e nove municípios e seis rodovias. Esses dados foram submetidos a estatística não paramétrica, sendo realizadas analises de frequência. A rodovia federal com maior percentual de acidentes foi a BR-163 com 42,59% dos acidentes, já o município sul-mato-grossense com maior frequência de acidentes em seu território foi o Itaquiraí com aproximadamente 13% do total de acidentes.
Publicado
2018-08-01
Seção
Automação e Otimização de Máquinas e Equipamentos Agrícolas