TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO NA CARACTERIZAÇÃO DE APPS NUMA MICROBACIA, EM FUNÇÃO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

  • Sergio Campos Universidade Estadual Paulista
  • Gabriel Rondina Pupo da Silveira Universidade Estadual Paulista
  • Yara Manfrin Garcia Universidade Estadual Paulista
  • Mariana de Campos Universidade Estadul Paulista
  • Marcelo Campos

Resumo

Esse trabalho objetivou a utilização de técnicas de geoprocessamento na discriminação de classes de uso e ocupação do solo em áreas de APP, permitindo a constatação de futuras intervenções antrópicas que auxiliarão em fiscalizações ambientais. A microbacia com 183,19ha, situa-se entre as coordenadas geográficas 22o 44’ 41” a 2245’ 41” de latitude S e 48o 24’ 13” a 48o 25’ 01” de longitude WGr.  A base cartográfica utilizadas foi a carta topográfica de Botucatu para o georreferenciamento da imagem de satélite de 2008. O SIG-IDRISI Selva foi utilizado na classificação supervisionada e a determinação dos mapas temáticos. O uso da terra mostrou que a pastagem ocupa a maior parte da área (85,61%), mostrando com isso a predominância da pecuária regional. A imagem de satélite e a utilização do SIG mostraram-se importantes ferramentas, fornecendo resultados confiáveis num pequeno intervalo de tempo. Os dados obtidos auxiliarão nos futuros planejamentos de recuperação da microbacia, possibilitando verificar que a área não vem sendo ambientalmente preservada, pois a mesma apresenta somente 14,38% de vegetação e água, sendo que o mínimo exigido pela legislação do Código Florestal Brasileiro vigente é de 20%.

PALAVRAS-CHAVE: Legislação ambiental, sistema de informação geográfica, preservação ambiental.

 

GEOPROCESSING TECHNIQUES IN THE CHARACTERIZATION OF APPS IN MICROBABY, IN THE FUNCTION OF ENVIRONMENTAL LEGISLATION

ABSTRACT: This work aimed at the use of geoprocessing techniques in the discrimination of classes of land use and occupation in areas of PPA, allowing the confirmation of future anthropogenic interventions that will aid in environmental inspections. The microbasin with 183.19 ha lies between the geographic coordinates 22o 44' 41"at 22o 45' 41" latitude S and 48o 24' 13"at 48o 25' 01" WGr longitude. The cartographic base used was the Botucatu topographic chart for the georeferencing of the satellite image of 2008. The SIG-IDRISI Selva was used in the supervised classification and the determination of thematic maps. Land use showed that pasture occupies most of the area (85.61%), thus showing the predominance of regional livestock. Satellite imagery and the use of GIS have proved to be important tools, providing reliable results in a short time. The data obtained will aid in the future recovery planning of the microbasin, making it possible to verify that the area is not environmentally preserved, since it presents only 14.38% of vegetation and water, and the minimum required by the Brazilian Forestry Code is of 20%.

KEYWORDS: Environmental legislation, geographical information system, environmental preservation.

 

Biografia do Autor

Sergio Campos, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Engenharia Rural

Topografia e Sensoriamento Remoto

Gabriel Rondina Pupo da Silveira, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Engenharia Rural

Topografia e Sensoriamento Remoto

Yara Manfrin Garcia, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Engenharia Rural

Topografia e Sensoriamento Remoto

Mariana de Campos, Universidade Estadul Paulista

Departamento de Engenharia Rural

Topografia e Senoriamento Remoto

 

Publicado
2017-11-27
Seção
Planejamento e Desenvolvimento Rural Sustentável